Detalhes de um site médico que você não sabia

De fato, a internet é um dos principais cartões de visita para seu negócio. Para isso é preciso passar boa impressão e principalmente relevância para um cliente ou paciente.

Existem alguns detalhes que talvez você não saiba que é importante no seu site médico.

Colocar as informações de contato

Em algumas clínicas que visitamos por aí, é comum ouvir o seguinte raciocínio: “Não preencho o endereço do site justamente para que ele me ligue e eu possa prospectá-lo”. Sabemos muito bem que não é assim que funciona! Quer uma prova? Imagine que está procurando um restaurante e não vê o endereço. A principal tendência é desistir dele e encontrar outro. Por isso: as informações de contato precisam ser claras e completas. Não se esqueça disso!

Mantenha a estrutura em uma página só

Aquele site com um montão de informações, que aparecem logo com o primeiro contato visual, estão com os dias contados. A estrutura one page (como é conhecida no marketing digital) é a mais eficiente em focar a atenção do internauta naquilo que mais interessa para ele. Ao pensar que a oferta de muitos conteúdos poderá prendê-lo no site, o efeito acaba sendo o reverso: em meio a tantas opções, ele pode se distrair e acabar não cumprindo aquilo que você deseja (que é o agendamento da consulta). A palavra-chave que não pode sair da mente é foco! Entregue aquilo que é importante para o seu potencial paciente.

Não dê diagnósticos online, nem faça propaganda enganosa

Outro cuidado que você deve ter é o de não  transformar o seu site em uma clínica online e começar a oferecer diagnósticos por meio dele. Tampouco precisa realizar anúncios milagrosos, prometendo a cura ou tratamentos que não têm o resultado garantido. Leve em conta que há regras éticas que norteiam a prática do marketing médico e você não pode abrir mão delas. Por isso, lembre-se de manter o site com as informações que o paciente precisa, sem ter que apelar para situações que podem prejudicar sua carreira.

Não precisa falar sobre doenças

Outra falha bem comum em site médico é dedicar um espaço em destaque para falar sobre doenças. Lembre-se, mais uma vez, que não é o propósito da página. Para isso, você pode ter um blog (linkado nessa página) onde você tratará de conteúdos referentes à sua área de atuação, para despertar a atenção dos pacientes. Não deixe de considerar aquilo que falamos mais acima: ao colocar muita informação na sua página principal, você poderá distrair seu público e não mantê-lo lá!

Possibilite o agendamento de consultas

Ofereça facilidades! Para quê fazer o internauta pegar o telefone para agendar um horário se ele já está diante de um eficiente canal de comunicação, que é o site médico? Inclusive porque, muitas vezes, ele pode acessar esse conteúdo em um horário alternativo ao do horário comercial, inviabilizando o agendamento. Há sistemas de gestão por meio dos quais você consegue conectar seu site à agenda do consultório, possibilitando que ele próprio marque o seu compromisso (dentro dos dias que você disponibilizar, é claro!).

 

seja-relev-para-seus-cl-_hospedagem-e-site