O sucesso do Growth Hacking

O sucesso do Growth Hacking
Temos buscado cada vez mais o sucesso e ainda mais que isso desejamos encontrar a estratégia perfeita.
Por acaso você já ouviu falar em Growth Hacking? Mesmo que o nome pareça extremamente estranho, é uma técnica extremamente simples e não é nada de outro mundo não!
O que é Growth Hacking
 
Diversos e diversos conceitos foram divulgados, mas isso acabou ocasionando uma certa confusão entre as pessoas, então para simplificar, vamos lá:
 
GROWTH = CRESCIMENTO
HACKING = ATALHO
Sendo assim, fica mais fácil de entender: ATALHO DE CRESCIMENTO!
Por que crescimento?
Você tem um leque de “crescimento” e digamos que, a sua escolha, ou seja:
– Crescimento de visitas
– Crescimento da sua lista de leads
– Crescimento de oportunidade de vendas
– E O CRESCIMENTO DO QUE VOCÊ QUISER!
O criador desse termo foi Sean Ellis que deu início em 2010. Ele foi o Head de Marketing do LogMeIn, um dos softwares de acesso remoto mais conhecido do mundo e o primeiro profissional de Marketing da história do Dropbox. Sean Elli trouxe a nós essa experiência e a nova tendência de um sucesso.
Então, digamos que o profissional de  Growth Hacker é aquela pessoa especifica que foca o crescimento e todas as decisões que um  Growth Hacker toma são com base em dados de crescimento. Através desse método é possível ir além do comum, ou seja, qualquer estratégia, tática, iniciativa diferenciada em busca desse único objetivo (CRESCIMENTO)
Growth Hacking é melhor do que o Marketing?
O Growth Hacker não é melhor do que o Marketing em momento nenhum, ele pode ser usado como uma estratégia auxiliar ao Marketing Tradicional para assim proporcionar um crescimento acelerado. Não é um substituto,  a diferença é justamente o foco obsessivo em crescimento.
Tanto é que, embora muitas empresas tenham criado o cargo de growth hacker ou estruturado alguns times de growth hacking, geralmente é dentro da área de marketing mesmo, ou seja é uma forma de pensar a mais dentro de cargos ou posições formais. Acredita-se e deve-se também estar bem claro que qualquer profissional pode e deve adotar essa forma de pensar para assim obter resutados ainda melhores.
VALE LEMBRAR QUE O Growth Hacking NÃO É ANTIÉTICA, NEM MUITO MENOS MÁGICA
 
O Profissional de  Growth Hacking será aquele que encontrará brechas e caminhos alternativos para alcançar o cliente e para assim engajar a empresa,o sucesso não acontece do dia para a noite como muitos acreditam, mas ele vem de forma crescente a partir desse novo método.
A internet redefine os produtos
 
Para ser mais claro, você já notou em quantos produtos você compra ou assina que não são físicos?
Por exemplo, Netflix, Spotify, Dropbox, Cursos Online, entre outros. A internet tem o imenso poder de transformar produtos e serviços físicos em virtuais.
Um produto, como por exemplo, o facebook, permite que você divulgue o seu produto ou sua empresa dentro dele mesmo, para assim atingir um público ainda maior. Outros produtos como o Dropbox, que permite que você tenha armazenamento grátis se convidar seus amigos.
Growth Hackers entendem o potencial que os novos tipos de produtos possuem de se espalharem e transformação isso em realidade.
Definitivamente essa tendência vem para mudar a forma de enxergar as vendas e o sucesso de seu produto. Você não precisa exatamente ter um Negócio físico, onde tem gastos, funcionários e etc. O sucesso pode estar apenas há um clique! Parece clichê, mas essa visão traz um revolucionário diferencial no seu negócio!
Já pensou em investir nisso? automatizacao-de-mkt

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Danilo Carlos

Danilo Carlos

Sócio fundador da agência com mais de 18 anos de experiência no mercado de publicidade digital

All Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Marketing Digital 3.0

Relacionados

Marketing digital para 2021

Entre as diversas consequências decorrentes da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), o fortalecimento do marketing digital foi notável. Isolamento social, trabalho remoto e o maior